sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Dêem-me...

Motivos para acordar
Motivos para me levantar da cama
Motivos para acreditar que o esforço valeu a pena
Motivos para gritar de raiva
Motivos para chorar de tristeza
Motivos para afastar a saudade
Motivos para dormir tranquila
Motivos para querer continuar
Motivos para que não me sinta culpada
Motivos para que não me sinta mal

e

Força para quebrar o elo
Força para lhes dizer que acabou
Força para acreditar que não foi tendencioso
Força para lhes dar força

Nobody says that it was easy
I'm going back to the start...

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Aprecio...

Bem, tantos assuntos para escrever... desde o ano do G, às expectativas furadas com o Escolhas, à vida de cão, às angústias diárias... mas esses ficam para depois, por enquanto apenas uma reflexão... com tanta porcaria a acontecer, com tanta chapada que se tem apanhado, estando no meio de uma crise, como é que as pessoas conseguem ser desleais, conflituosas, e cínicas ao ponto de continuarem a criar conflitos em vez de os afastarem?
Apetece-me dizer-te na cara **** u!!!

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Let's go girl!!!

Notas quanto aos últimos tempos... ontem recebi o grande cd dos Skunk Anansie, melhor só ter podido ir a um dos concertos, mas um dia chegará a minha vez... prendas de Natal este ano não conseguirão bater esta... a não ser que seja qualquer coisa como o jogo novo da WII Fitt... aí talvez a coisa melhore.
Este passo é já esta semana...

III Seminário

“As crianças e jovens de hoje – Caminhos para o Sucesso Escolar”

A CERCINA – Cooperativa de Ensino e Reabilitação de Crianças Inadaptadas da Nazaré, entidade gestora e promotora do Projecto Boa Onda, comunica a todos os interessados o III Seminário “As crianças e jovens de hoje – Caminhos para o Sucesso Escolar”.

O Projecto Boa Onda, implementado na Nazaré, cujo consórcio é composto pela CERCINA, Confraria de Nossa Senhora da Nazaré, Centro Social da Freguesia de Famalicão, Centro Social de Valado dos Frades e Externato Dom Fuas Roupinho, tem por objectivos: aumentar as competências pessoais e sociais das crianças e jovens mais vulneráveis e respectivas famílias; aumentar as competências profissionais dos jovens mais vulneráveis; promover a inclusão social da população mais vulnerável através da criação de respostas comunitárias e sociais.

Em 2007, o projecto Boa Onda levou a cabo, na semana Escolhas de Portas Abertas, o I Seminário, intitulado “As crianças e jovens de hoje – desenhar caminhos num mundo de labirintos”, repetindo com sucesso a iniciativa em 2008, sob o tema “As crianças e jovens de hoje - No caminho da Interculturalidade”.

Para 2009, a escolha do tema apresentado torna-se relevante dado a questão do Sucesso Escolar estar patente em diversos níveis do mundo actual.

O Seminário terá lugar no dia 20 de Novembro de 2009, no Centro Comunitário da Nazaré, na Nazaré, e destina-se a professores, agentes educativos e outros técnicos da área educativa e social.

Para mais informações ou inscrições deverá contactar a Dra. Catarina Góis, coordenadora do Projecto Boa Onda, através do telefone nº 262 560 345 ou do e-mail boaonda_pe@yahoo.com.


Próximos passos, só depois de meter a cabeça no lugar... that's enough...

Faltava-me anunciar... domingo às 10h da manhã, eu e os meus putos no Nós - RTP2.

terça-feira, 20 de outubro de 2009

Ora pois muito bem...

Apenas me apetece partilhar...
"Fame i'm gone live forever" & "I (want to) Know what love is", quem for sábio chega lá...
Mais uma nota... amanhã a mummy já vai à hidro... iupi!!!


Bons sonhos... e abaixo a Sinusite!!!

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Proponho

Uma petição ou qualquer coisa do género, desde que termine em -ão, para acabar com esta música na rádio... poucas coisas incomodam tanto como: http://www.youtube.com/watch?v=1Z6H-MlsbkY
Está aberta a sessão... venham as ideias!

sexta-feira, 9 de outubro de 2009

Como dar cabo do canastro a mim própria em 3 minutos... (e picos)

A cena foi... esqueci-me de gravar a música dos The Killers http://www.youtube.com/watch?v=5HlJWgBjd1g para a aula, vai daí que tive de improvisar... olhei para o cd e pensei "Hum... esta vai resolver o problema da menina!" mas não a ouvi do princípio ao fim, só ouvi 10 segundos (os primeiros)... chega ao momento e pumba, cá vai disto http://www.youtube.com/watch?v=4z_usl6i9IY&feature=related, quando percebi no que me tinha metido, já não podia voltar atrás, agora experimentem isto 3 aulas seguidas... a parte boa... elas ficam tão à nora como eu, e portanto... toca a puxar girls!!!

Aproveito então para deixar o Nº 2 e o Nº 3 do TOP das músicas "porreiro pá" para acompanhar a execução de candidaturas, e já agora, para animar (e rebentar) com a malta.

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Algumas questões só para eu não rebentar...

Pausa na inspiração do trabalho só para não "dar um murro pelos cornos a ninguém" (esta expressão ajuda-me a descomprimir)...
1) passados dois anos e meio o cromo ainda se lamenta que não sabe o que tem para fazer???!!! e que tal levantar os ketchups da cadeira e tentar fazer pela vida??? Ainda por cima não é homem suficiente para falar com a "chefa", ou então ela é mesmo muito má!
2) percebo que é difícil passar de A para B, mas não percebo a necessidade de A se tornar um zero à esquerda, mexendo nos mesmos pseudo-trabalhos mil vezes só para não assumir que agora é B...
3) no final de contas todos nós temos duas caras... no meu caso, a cara de parva e a cara de pau... não conheço uma única pessoa que seja séria de manhã à noite, para além dos meus familiares directos, alguns amigos que conto por uma mão, e uma única vizinha;
4) só para terminar... desconhecia totalmente que período de campanha eleitoral, era igual a Carnaval... que cenário tamanho. Já agora, porque raio não hei-de poder votar onde quero? É que nas minhas bandas os tipos das listas são na maioria ovelhas negras da comunidade, e vai daí que pela primeira vez na minha vida penso que o melhor é nem votar...
5) ufa!!! como estou farta!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
6) como é que posso fazer para ter uma licença especial para espancar pessoas sem ter consequências?

terça-feira, 6 de outubro de 2009

Relatos de um fim de semana de loucos

Boas tardes,

o fim de semana foi de loucos, mais propriamente o sábado, e gostaria de partilhar, talvez desperte em vós o riso, ou a compaixão para comigo. (Sugestão: devíamos iniciar a avaliação pela parte psicológica).
No sábado de manhã fiz uma avaliação a um tipo de seu nome xxx, completamente alucinado, que sendo um verdadeiro macho latino, na onda Zezé Camarinha, não queria descolar do ginásio. Ele quer é encher!!!
Nota: estas avaliações que faço ao fim de semana, faço-as na sala de exercício, uma vez que não consigo afastar-me da sala para ir para o posto médico, já que são no mesmo horário.
Da parte da tarde senti-me no piso 4 do Hospital de Leiria...
Tinha uma avaliação, a um outro macho latino, o xxx2, este menos Zezé Camarinha, mas com umas saídas igualmente maravilhosas, que me fizeram ponderar a fuga do ginásio. Quanto à avaliação digamos que foi um processo complicado, o tipo tinha todos os problemas e mais algum, mas segundo ele, está tudo bem... pedi-lhe os exames médicos para os problemas que descreveu, uma vez que me falou dum "princípio de paragem cardíaca", os outros estavam sempre a interromper, e vai daí, fez-se o que se pode...
Nisto chega o Chinês, que me disse ter um nome artístico, terminado em -el, para mim será sempre o chinês. Tal como me tinhas dito "mini boss", o tipo já treinava na China, e partimos logo desse ponto... deixei-o treinar para ver, e o que vi... só o via a fazer peito, ele explicou-me que quer trabalhar o peito, mas só??? Fiquei doente... a meio da aula estava a dizer-me que queria passar a treinar durante a semana, fiquei maravilhada, mas não deve haver vagas.
Entretanto aparece-me um outro tipo pior do que todos os outros, de seu nome xxx3, segundo ele aluno do colega das manhãs, à sexta-feira. Este é que me partiu toda, logo nos primeiros 10 minutos já me estava a dizer que por eu ser mulher aquilo não ia ser nada de especial, com certeza seria um treino muito fraco. Peço desculpa, mas tive que o derreter, já que não o podia fazer à pancada, usei as máquinas.

Digamos que saí do ginásio derretida com estes fulanos, quanto às avaliações fiz o melhor que podia.


sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Para a Ana...

Desde ontem que regressei ao mundo... desde Julho que me distanciei em prol de uma luta por um emprego... não esperava deparar-me hoje com esta tua realidade... que me deixa triste, mas sei que a força que tens te há-de ajudar a ultrapassar todos os momentos. Para o que der e vier estou sempre a torcer por ti. Desculpa ser tão distante, mas acho que compreendes esta obsessão pelo trabalho e pelo sucesso, ainda só não aprendi a lidar com as perdas que tenho no meio destas lutas, e o pior é mesmo a distância aos amigos que adoro, como tu... prometo hoje uma visita em breve. Beijos...

Back in town

Ausente, eu? Acho que há muito que não me sentia tão presente, de tal forma que levei com tudo e todos em cima. O motivo da ausência/presença...

Achei que não ia ser capaz... que não ia ter forças, que depois de três anos tão sofridos, o melhor seria desistir e... não fosse eu tão patega, arrisquei... sou sempre a mesma totó (a Gabriela já sabe disto há muito tempo), e esta saga incia quando me tornei um P****chete (o resto não posso contar porque ele não gosta muito :)

E todos os dias me questiono se vale a pena, encontrando sempre a mesma resposta: Ricardo, André, Katia, Adriana, Ráqueis, Carlita, e todos os outros que passam e ficam no meu coração, conhecido como coração de pedra, mas que abdicou por um período alargado, inclusive de fe´rias tranquilas e fins de semana, para poder continuar a proporcionar este mini-bem estar a estes piolhos que me enchem a vida...

Muitas outras coisas foram acontecendo ao longo destes meses... o duro duro foram as primeiras duas semanas de Julho em que dois foram de férias e um de baixa, e eu aguentei-me, pensando no melhor para eles... depois todas as confusões com tudo... continuo a dizer que o meu único objectivo é o bem estar deles, porque se fosse pelo meu, já me tinha tornado um rato de gabinete como a maioria.

Farta de reuniões e de levar na cabeça, depois do acidente da minha mãe, depois de tanta stress que nem conseguia comer, dormir ou rir... depois de tudo, mais uma vez fui eu quem perdeu, sou eu que estou desgastada... mas ainda com força para continuar... porque se ninguém pára o Benfica, a mim é ainda mais difícil, e eu não me chamo nem Jesus, nem Di Maria, nem Cardozo.

Já agora, o meu muito obrigada a todos aqueles que se recordaram do meu aniversário, os que não se recordaram estão na minha lista de adversários no boxe que pratico na WII.

Agora tenho o WII Resort, ainda não pude jogar muito, mas já deu para cheirar e está aprovado!!!

De resto... o pai da criança já foi pai, e chega...

Por último, vou iniciar uma lista "porreira pá" de músicas para acompanhar a execução de candidaturas. E em Nº1 está http://www.youtube.com/watch?v=6j7huh5Egew


quarta-feira, 1 de julho de 2009

Próxima paragem... Itália


Perguntaram-me no outro dia, se depois de tudo isto eu era capaz de continuar ali... sou e quero, não é todos os dias que sentimos que vale a pena trabalhar com alguém... que somos uma equipa, apesar de reduzida... que uma colega/amiga fantástica se lembra de nos convidar a fazer uma candidatura para os Estágios (In)Europa, rumo a Itália uma semana... eu, a Guida e a Su, (as minhas professoras de "como lidar com estes trastes") vamos a Itália em Setembro... finalmente uma coisa que me anima :)

Acabei todo o trabalho formal agora mesmo... estou de parabéns, no dia em que o pai e a Susana fazem anos, e em que faz um ano que assinei a escritura da minha maison.


Dedico-me


E vou dormir!!!


Tenho saudades dos meus amigos, porque passei um mês distante do mundo real... beijinhos para todos... miss you!

quarta-feira, 24 de junho de 2009

Ó homem... desapareça (Soares, M.)

Sinto-me devassada, ultrajada, espezinhada, usada, gozada, escravizada, magoada, e muito tansa... deve ser a partir daqui que se cometem crimes...

sexta-feira, 19 de junho de 2009

Shining Light

Não resisti... dedico esta música à vida... à minha... e a todos aqueles que a compõem...
e para aqueles que me conhecem e sabem que não gosto de Annie Lennox, e com certeza ela também não deve gostar de mim... é justo... a senhora merece que lhe reconheça o valor, se não, ouçam a versão de Ash, e sintam a diferença... porque se sente :)
Be happy!!!
Thank you kids... três anos de emoções, gritos e desatinos, mas conseguimos... vamos levar-nos no coração uns dos outros... obrigada pelas carradas de desenhos, pinturas, poemas! e sobretudo, por me ensinarem que vocês merecem tudo... fizeram-me crescer... pena é as cordas vocais...

terça-feira, 16 de junho de 2009

Depois do México 2006

México 2006, é sem dúvida um post para terminar, mas não hoje, não depois de horas extra não remuneradas, não compensadas, não nada... horas extra de tansa, é a única explicação... continuo a mesma palerma, a apanhar de todo o lado, sem me salvaguardar... no dia em que flipar baterão palminhas com as orelhas, mas ficam entalados até aos ******
Perdoem-me pela má educação, mas ajuda a libertar o stress às pessoas que como eu, comem toda a porcaria que lhes servem para agradar aos outros... creio sinceramente que os meus (des)equilíbrios psicológicos se estão a manifestar com mais evidência, e a culpa é unicamente da tansa, moi!!!
Acredito em dias melhores, mas até lá ainda falta tanto... pelo menos o final deste mês, e não querendo assustar ninguém, os meus pensamentos negros andam outra vez a palpitar...
Nota 5 para hoje: diz o palerma que não sabe porque não se trabalhou na sexta-feira, porque ele queria ir mas afinal não era para ir e enfim... mas não sabe o porquê...
Resposta para o palerma: se te atirares amanhã já vais tarde (note-se que a "casa" deu ponte).
Último comentário... ao senhor da areia, muito obrigada pelos quilos que me atirou mais, sugiro-lhe no entanto que em vez de areia no seu camião, faça uma passagem pela Tomatina, no país de nuestros hermanos (eu explico... Espanha) e encha o seu camião com o produto que anda lá pela rua, porque lhe está a fazer muito falta há muito tempo.
Aborreci-me, só isso, com a parvalheira que me rodeia, e a minha capacidade de bombeiro interminável...

quarta-feira, 10 de junho de 2009

México 2006 (inacabada)

Merece uma tatuagem "México 2006", já passaram três anos desde a loucura... nem me lembrava!!! Não fosse o Sr. M., com funções de computador de bordo, e eu não iria pensar que há 3 anos atrás, por estes dias, estava no México, na provavelmente mais ousada aventura da minha vida...
Apetece-me fazer um balanço dos prós e contras... vamos a isto!!!
Prós:
- 1ª vez que andei de avião;
- 1ª vez que passei uma semana fora de casa sem ninguém da minha família;
- 1ª vez que fui ao México :)
- reflexão sobre o futuro (certo Nuno?);
- responsabilidade de ser "cuidadora";
- conheci pessoas fantásticas;
- na volta Portugal ganhou à Inglaterra e eu ganhei...;
Contras:
- detesto dormir com bichos, pois toma... formigas enormes e com asas a dormir comigo;
- o saco de cama fazia mesmo falta... estive para não o levar, só lá é que percebi que teria de dormir dentro dele :);
- saudades de casa e da comida;
- não tinha pinça (nem quero recordar o mau cenário);
- dores horríveis nos ripados;

domingo, 7 de junho de 2009

Opinião!

Ausência?!
Não é que não tenha vontade de escrever, mas como é sabido, escrevo no meu free time, e nos últimos tempos resolvi ocupá-lo com the others work, quero com isto dizer que continuo a mesma tansa de sempre... hasta quando??? No answer... Why?! É parvo de mais para se responder, porque já devia ter terminado, e porque está a dar cabo de mim, e porque cheguei ao limite e ainda continuo a esticar a corda, e porque agora as "doençazinhas" estão a agravar, e porque ninguém se vira para me dar a mão, e porque não sou o dono do mundo, e porque estou a tornar-me mais um, e porque me cansei... apetece-me apenas dizer salvem-me!!! eu não consigo fazê-lo sozinha e estou a deprimir sozinha e cada vez mais... o meu sorriso ainda esconde a minha fragilidade, mas o meu coração e o meu cérebro estão completamente dominados...
Acrescento! se eu pudesse fazer parte à séria dos The Killers... ai ai ai... só eu me entendo http://www.youtube.com/watch?v=UrHBIIaF9UA

sexta-feira, 22 de maio de 2009

Questão!

Quando vivemos as coisas com a intensidade que achamos merecerem, dois caminhos podem ser traçados:
1 - a coisa corre bem e portanto por si só se realiza;
2 - a coisa não corre como gostariamos e ficamos aborrecidos, etc;
No meu caso, já passei o aborrecimento, e estou a deprimir... soluções? A da Edite é muito boa... talvez a minha favorita!!!

segunda-feira, 18 de maio de 2009

Assim vou eu...


Saudades resulta em...
Parte I
Bom dia Prof.,
que saudades que tive nos últimos dias do tempo de faculdade e dos "meus" professores...
Na sexta-feira passada, entregaram-me o flyer de divulgação do Ciclo de Conversas sobre Inteligência, e qual não é o meu espanto, um painel de luxo... Prof. Pedro Morato, Prof. Sofia Santos, Prof. Vítor Cruz... que mais se pode querer???
De imediato me inscrevi, não pelo tema, mas pela possibilidade de vos poder ouvir, aqui tão perto... em Leiria...
Os últimos tempos têm despertado em mim uma saudade imensa da Faculdade, jamais esquecerei a forma envolvente como nos falava da ECA, da DM, ...
Há pessoas que me cativam... sem dúvida a professora conseguiu despertar em mim uma paixão imensa pela DM... pela Educação Especial...
Jamais esquecerei a sua disponibilidade para nos ajudar, para nos ouvir, para partilhar... recordo-a que fiz a Tese de Monografia consigo, no ano lectivo 2004/2005, uma experiência alucinante... ainda recordo o telefonema da Prof. Cristina Espadinha para me dizer que tinha de entregar a Tese num prazo de duas horas na Faculdade, e ainda me faltava o Índice, a impressão, a encadernação,... hoje já posso confessar, foi o meu irmão que formatou o trabalho final, eu já estava a flipar!!!
Ontem esperava vê-la e ouvi-la, tive o prazer de ver e ouvir o Prof. Pedro Morato e o Prof. Vítor Cruz, tive ainda mais o prazer de falar pessoalmente com o Prof. Pedro Morato, tive o prazer de o ver dirigir-se a mim para me cumprimentar, como se eu tivesse saído ontem da faculdade, e o tempo não tivesse passado...
Não a vi nem a ouvi, o Prof. Pedro falou-me sobre o motivo da sua ausência... como é que está? Tenho tantas saudades suas... e o seu filho? Já há mais crianças? Espero não estar a ser impertinente, mas tenho mesmo estas curiosidades...
Obrigada por tudo aquilo que me ensinou... e pela excelente Professora que foi, e com certeza ainda é...
Muitas saudades.
Parte II
Bom dia,
também eu tive de conter as lágrimas ao escrever o mail, mais do que o que escrevi, aquilo em que pensei enquanto escrevia.
Os percalços acontecem-nos a todos, com certeza irá recuperar rapidamente... e sim! outra das coisas que trouxe comigo da faculdade é a força para ultrapassarmos todos os momentos com um sorriso nos lábios... às vezes quase que me esqueço dele, mas rapidamente o retomo...
Parabéns pelo crescimento familiar... começo a invejá-la, mas ainda não cheguei ao meu momento!!!
Permita-me uma correcção, (in)felizmente desde Dezembro 2006 "abracei" Margarida Matos e Celeste Simões, aceitei o desafio de trabalhar na área social, com a implementação de Programas de Treino de Competências Pessoais e Sociais, estou a trabalhar na CERCI, mas num projecto tutelado pelo Programa Escolhas, e enfim... depois desta experiência que está prestes a terminar (acaba o financiamento), e nas minhas reflexões pessoais, percebo que este não é o meu caminho... o meu caminho é "abraçar" Pedro Morato, Sofia Santos, também, David Rodrigues... e talvez, nalguns momentos Cristina Espadinha e um pouco de Leonor Moniz Pereira... Se se vier a concretizar (estou a fazer esforços nesse sentido), penso dar continuidade à minha carreira académica, que ainda está na licenciatura, e renovar-me em termos de conhecimentos (sinto muito essa necessidade).
Não fosse a distância e dir-lhe-ia que certamente, em breve, nos iríamos cruzar nos mesmos corredores, mas cada coisa a seu tempo, e muitas coisas há a reflectir até lá...
Muito obrigada pelas suas palavras, e por permanecer não apenas nas minhas lembranças, mas também na minha intervenção do dia-a-dia... sim porque os conhecimentos são Margarida Matos e Celeste Simões, mas a postura "copiei" ou "tento copiar" de forma fiel a Sofia Santos... (se bem que às vezes sou Leonor Moniz Pereira :))
Boa recuperação... boa continuação, muitos beijinhos e muitas saudades.
Nada mais...

domingo, 10 de maio de 2009

Coisas que acontecem nesta vida...


Conclusão da semana...

não tive tempo para postar todas as experiências maravilhosas que fui vivendo dia após dia... tirando a segunda-feira (odeio segundas-feiras) todos os outros dias foram marcantes... terça-feira conheci a Prof. Graça M., quarta-feira o Iuri maravilhou-me, quinta-feira o Prof. de Informática tinha apanhado da turma de 4º ano, sexta-feira o Rui organizou o jogo, o Mário pediu-me que não ficasse triste... no fim de semana, fui profissional, pessoal e dona de casa aplicada!!!


Aproveito hoje, em resumo apressado de uma semana intensa, sem descanso... para partilhar este miminho, que agradeço à Isabel Gaio (amiga da minha mãe) e à minha mãe, por ser minha amiga e da Isabel Gaio...


C oisas que acontecem nesta vida
A quem merece isto e muito mais,
T er irmão e mãe é bem normal,
A té é muito bom, mas afinal
R aramente acontece ter dois pais,
I mpressionante, sou Rosa na areia
N aturalmente faço uma casa cheia
A s flores são todas especiais.

R osa que se preza tem espinhos
O u nos estimam ou causamos dor
S omos frágeis, delicadas. luminosas
A ssim como picamos damos AMOR.
P.S. - um beijo grande a todos os que compõem a minha história de vida e que tiveram o cuidado de vir ler este post... certamente estou distante (fisicamente) de todos, mas próxima em pensamento...

quarta-feira, 6 de maio de 2009

Reflexões e Observações



A propósito de um trabalho que fiz... e fugindo à minha forma de postar... achei interessante partilhar!


A pertinência de falar, actualmente, sobre o tema da alimentação, centrado na criança e no jovem, surge na sequência de estudos recentes que indicam que nestas faixas etárias estão identificados problemas de saúde relacionados com uma nutrição deficitária, e com o excesso de peso e obesidade, estes últimos também associados a um sedentarismo crescente entre a população mais jovem, entre outros factores…
As doenças associadas são por exemplo: a diabetes, a hipertensão, problemas cardiovasculares, problemas ósseos e articulares, doenças respiratórias, cancro,…
Estes problemas de saúde têm consequências já verificadas nesta fase da vida, mas adivinham também problemas de saúde na fase adulta e velhice, caso nada seja feito para inverter a situação, pelo que é urgente criar hábitos alimentares saudáveis na infância, para que estes prevaleçam na idade adulta.
Os pais ocupam um papel fundamental na promoção dos hábitos alimentares saudáveis, uma vez que, na sua maioria, têm intervenção directa na escolha dos alimentos que a criança come em casa.
A escola, surge também como um interveniente privilegiado, assegurando que a criança tenha actividade física e uma alimentação equilibrada no seu contexto, sendo sua responsabilidade melhorar a qualidade e as normas nutricionais das refeições, incluindo fruta e legumes nas refeições.
Trata-se de uma responsabilidade partilhada, não apenas de uma das partes.
De acordo com o Parlamento Europeu, esta problemática é uma “epidemia crescente” sobre a qual devem ser tomadas medidas e sugere algumas recomendações sobre as quais todos devem estar atentos:
- proibição da venda nas escolas de alimentos e bebidas com elevado teor de gordura, sal ou açúcar;
- distribuição de fruta nas escolas;
- IVA inferior a 5% para frutas e legumes;
- restrições à publicidade de alimentos não saudáveis;
- entre outras…
Segundo o eurodeputado italiano Alessandro Foglieta, esta “epidemia“ e às doenças a ela associada figuram entre as principais causas de mortalidade e morbilidade na Europa.
De acordo com o relatório da Comissão do Ambiente, da Saúde Pública e da Segurança Alimentar do Parlamento Europeu, na Europa, mais de 5 milhões de crianças sofrem de obesidade e quase 22 milhões de excesso de peso, prevendo-se um aumento de ambos nos próximos anos. Mais de 50% dos europeus adultos sofrem de excesso de peso!
Uma atitude saudável promoverá uma melhoria na qualidade de vida das crianças, futuros adultos, ao mesmo tempo que reduz os factores de risco de saúde, pelo que pensar na Alimentação é pensar a vida de qualidade…

terça-feira, 28 de abril de 2009

Paninhos quentes


Falha grave... tantos dias sem postar (escrever um post)!!!
Isto só acontece porque estou em fase de adaptações... muitas adaptações...
Principal adaptação... deixar de me preocupar com o trabalho, ou melhor, isto é mesmo um objectivo a curto prazo, porque na verdade é um caminho demasiado solitário para continuar... mas todos nós precisamos de um salário ao fim do mês...
Pontos de reflexão em questão:
- 1ª parte da reunião, verdades em cima da mesa...
- 2ª parte da reunião, sentimentos a transparecerem...
- 3ª parte da reunião, paninhos quentes e considerações sem nexo...
- 4ª parte da reunião, CG salva JN que esbarra de seguida por dar o dito por não dito (nota: faltou convicção ao JN)...
- 5ª parte da reunião, JP e CG não partilham pontos de vista...
- 6ª parte da reunião, JP de novo com paninhos quentes... e todas as outras partes das reuniões tiveram o mesmo contorno... :)
Contenta-me o facto de que, ao viver com menos intensidade os problemazecos dos parvos, parvinhos e suas parvoíces, me consigo dedicar com muito mais intensidade àquilo que mais interessa... as crianças... é tão bom...
Marcaram estes últimos dias o dedo no ar do RP, as lágrimas da DL, a tranquilidade do J, a doçura dos alunos da prof. C, a teimosia do MC, a boa disposição dos alunos da prof. MA, o dedo no ar do AB, do JM, do R, a resposta na ponta da língua do TZ, o fingimento da S, os abraços da MG, a ternura do TL que está sempre a dizer "desculpa...". Obrigada a todos por me transportarem para a vossa dimensão... por partilharem comigo o vosso tempo, o vosso espaço, a vossa amizade... que seria de mim sem as crianças??? Eu sou feliz com as crianças... mesmo com as crescidas que vão à hidro...
Do fim de semana há a reter um maravilhoso sábado passado entre uma piscina e um pavilhão... "galinholas à solta", com uma constipação tão brutal que deu febre e, uma noite de sábado para domingo com 10 horas dormidas... inêdito :).
As galinholas... são umas tipas que deviam ter ficado em casa... mas ainda bem que foram ao pavilhão... deram-me uma tarde de riso, sem Nuno Graciano, porque sim, é verdade... parecia uma cena de apanhados :) eheheheh...
Domingo... depois de muitos avisos da VF, caí no erro de virar Natasha 2... bolas, foi uma tarde inteira acompanhado do meu Natasho... a parte melhor... passar os paninhos com rendas a ferro... por cada pano com renda demoro 3 vezes mais do que com um pano normal...
A minha mãe já me deu uma série de estratégias para que eu não perca muito tempo... a melhor!!! "Coloca num saco e traz que eu passo!", grande mãe :)
Apetece-me partilhar este "achado que devia estar perdido", é do conhecimento de todos, mas achei por bem colocar por aqui, com a seguinte reflexão... isto é um jogador a "passar-se", consequência:
- foi castigado com 10 jogos,
- merece a atenção de todos (inclusivé a minha),
- não há ninguém que não tenha visto as imagens e comentado a situação,
- trata-se de um exemplo (péssimo) para os mais jovens,
- também me apetece fazer o mesmo a algumas pessoas que me rodeiam... se o fizer também sou castigada com 10 dias sem trabalhar? se assim for, aparte do subsídio de alimentação, até que iria saber bem... vou tornar-me super e vão dizer que estou louca, ou será que como não jogo futebol tenho que ir logo para o piso 4 fazer companhia ao VR e à A (ele agora quer o divórcio, esta é a continuação do post em que o VR foi internado...), no meio de tanto falatório, ficaram-me muitas dúvidas... depois do famoso Pepe Rápido... aqui está o Pepe Louco...
Prevê-se mais uma semana de cabeça a andar à roda... com os seguintes...
Compromissos para a semana (os mesmos do costume):
  • cumprir a agenda...
  • 9h Sítio - pendentes e independentes, AGIL e Report (só falta imprimi-lo)
  • Embrógliodesafios... mais uma semana de paciência...
  • Missão estrela cadente... i'm back!
  • Aulas Gadget :)

Sugestão para um dia musicalmente guarnecido...

http://www.youtube.com/watch?v=gG2avp_uI5k&feature=related

quinta-feira, 23 de abril de 2009

Rosa Gadget


Desde o último post até ontem às 19h25m andei preocupada com nada. Significa isto que nada de significativo tem acontecido... ou seja a vidinha normal do costume.
Ontem às 19h26m tive mais um "bac", que começou assim...
"Olá, está boa?"... "Estou, e a professora?"... "Estou, apesar de que aquilo que aconteceu com a Sara mexeu muito comigo..."... "Com a Sara... o que aconteceu com a Sara?"... "Não sabe???"... "Não..."... "A Sara faleceu..." .................. A Sara é uma pessoa que ficará para sempre na minha memória e no meu coração... sempre com um sorriso, sempre disponível, com aquela voz tão meiga, e sempre preocupada em levar bombons para as reuniões... A Sara faleceu na flor da idade, com todos os objectivos para cumprir! Não consigo deixar de pensar em ti Dra. Sara, psicóloga... obrigada pelos ensinamentos e por tudo...
A vida é traiçoeira, mal nos descuidamos um pouco ou nos fechamos no nosso mundo, depressa algo de aborrecido acontece...
Ainda a tentar "desmoer" o que aconteceu, no meio do turbilhão de parvoíces e de parvos que fazem parte do meu diário de vida, o "bac" surtiu efeitos... aproxima-me de mim e dos outros, daqueles que são os personagens principais da minha história...
Se algo de positivo tinha acontecido entre sexta e domingo, varreu-se-me da memória, apenas registo no domingo a família alargada toda junta, mais nada...
Estou preocupada com pessoas que me rodeiam... nos próximos dias vou tentar ser um "Inspector Gadget" especialista em resolver problemas, encontrando soluções, para ver se consigo fazer algo pelos outros... e logo, por mim...
Confesso... devo andar em fase de absorver situações-problema. Hoje com a MG fiz, por graça, a mão dos desejos, resultado:
1 - Winx
2 - Mala das Winx
3 - Lápis porta-minas
4 - Mãe
5 - Família
sou incapaz de pensar nos pontos 4 e 5, foram o parto mais difícil... a MG tem 8 anos... não consigo afastar-me do sufoco desta criança...
Bem, isto hoje está deveras negativo... vou sonhar... sem antes deixar um "achado que encontrei perdido":
Compromissos para continuar na semana:
  • cumprir a agenda...
  • 9h Sítio - pendentes e independentes, AGIL e Report
  • Embrógliodesafios...
  • Missão estrela cadente... i'll be back!
  • Aulas Gadget!

Sugestão para um dia musicalmente guarnecido, dedico-a a mim mesma... eu sou esta Rosa.

http://www.youtube.com/watch?v=4M72a4sm1Yg

sexta-feira, 17 de abril de 2009

Dona de Casa Desesperada???

Ausência... não!!! apenas mega-cansaço... como referi nos dois posts anteriores, mudei de casa... as primeiras duas noites foram bastante complicadas :) mas agora já é mais fácil, contudo, dado o acréscimo de tarefas a cumprir diariamente, não tem sobrado tempo para escrever, e o horário de ir dormir tem sido substancialmente alterado... terminou o conforto da mamã e do papá :) agora sou uma dona de casa! desesperada???
Não, ainda não houve motivos para desesperar, posso no entanto afirmar com toda a franqueza que é uma vida bem mais intensa.
Se antigamente não me preocupava (muito) com o horário de saída de trabalho agora é um desespero não sair a horas porque para conseguir cumprir mais tarefas tenho mesmo de "despegar" (adoro esta palavra tão frequente no vocabulário do portuga) a horas, o que implica fechar a agenda e transferir o que falta para o dia, ou semana, seguinte.
Esta semana foi também a semana de regresso ao trabalho (e às escolas) após uma interrupção de duas semanas, nas quais percebi que não existo sem eles... estes miúdos fantásticos que vou encontrando nas escolas do AEN e do AEP e que muito me têm ensinado sobre a vida. E para além do que me ensinam, o que eu lhes posso ensinar... hoje dei por mim a contar-lhes histórias do meu tempo... "quando eu andava na escola, quando tinha a vossa idade..." e nisto, o Francisco (que caiu de nariz no dia em que a Maria lhe disse que ele andava muito mais calmo, pois claro que andava!!!) perguntou-me se no meu tempo já havia lápis... achei hilariante, ele pensava que eu usava grosa e giz :) ó Francisco, estou assim com um ar tão carunchoso?
Também achei fantástico a Diana L., que implica comigo o tempo todo :) e eu com ela, dizer que se pudesse deixava a escola (nas entrelinhas lê-se... para ajudar a mãe a ganhar dinheiro e a mudar de vida).
E é verdade, acho que foi a primeira vez que o Rui P. pôs o dedo no ar para falar... e não foi uma... foram duas vezes!!! na segunda para perguntar se podiam ir ao intervalo (já tinha passado 45 minutos da hora do intervalo e eles continuavam na sala de ouvidos e olhos bem abertos) e não foi preciso mandar calar o Pimentel (é engraçado que ele é igual ao Pimentinha).
Achei também fantástico, quando estava a trabalhar com estes mega piolhos, que falámos de bowling, e há alguém que pergunta "o que é isso?", aqui o je respondeu "é aquele jogo que os Flinstones jogam"... olhos super abertos a olhar para moi e alguém comenta "o que são os Flinstones", eu não queria acreditar que alguém no planeta não conhece os Flinstones... dei-lhes a sugestão de procurarem na internet, mas nunca mais me lembrei, e vai daí mais um momento curioso... Rui P. volta a colocar o dedo no ar (terceira vez num só dia) para que eu lhe dissesse como se escreve Flinstones...
Voltando ao tema de hoje, não me considero uma dona de casa desesperada... sou mais uma dona de casa inspirada, espero que assim continue...
"um achado que devia estar perdido" (atrás do Melão não parece mesmo uma sombra do Calado?):
Compromissos da semana:
  • fiz tudo, ou não... mas agora também não quero saber!!! a irresponsabilidade às vezes é a minha salvação :)
Compromissos para o fim de semana:
  • fazer fascina pela primeira vez na minha casa :)
  • Aulas Gadget

Compromissos para a próxima semana:

  • retomar a agenda...
  • 9h Sítio - pendentes e independentes, AGIL e Report
  • Embrógliodesafios...
  • Missão estrela cadente... i'll be back!
  • Aulas Gadget!

Sugestão para um dia musicalmente guarnecido:

http://www.youtube.com/watch?v=aP6orw0M-bY

segunda-feira, 13 de abril de 2009

Mudei de vida!!!


Os últimos dias têm sido um rodopiar de questões.
Um ponto positivo a assinalar desde ontem... as minhas olheiras estão menos nítidas, e ontem o pára-brisas ligou por curtos espaços de tempo, parecia uma "chuva molha tolos", e na verdade é mesmo, porque não percebo o porquê deste acontecimento.
Na realidade, continuo a afirmar e é verdade, que não estou triste... e hoje estou profundamente aborrecida com a música:


Tenho a dizer que mudei a vida, não por estar mal, nem por nenhuma das razões apresentadas na canção... mas porque acredito que estou a ficar crescida e que começa a ser tempo de sair de baixo das asas.
Então, a música parece-me mal escrita... "Muda de Vida se...", deveria passar a "Se... muda de vida...", porque podemos mudar de vida, ou a vida, mesmo sem ter presentes os motivos apresentados na música.
Para além disso, a letra deveria incluir outras motivações para que possamos mudar de vida... por exemplo: "Se tens quase 30 anos e ainda vives em casa dos teus pais, muda de vida." é uma sugestão para algum músico que queira aproveitar uma opinião de alguém que nos últimos dias trocou a racionalidade pela emotividade :)
Ontem levei mais umas coisinhas para casa... as mais importantes, as minhas três novas Barriguitas, que ainda não têm uma semana e já estão devidamente instaladas na mesinha de cabeceira! falta levar o urso de peluche azul... sinto muito a falta dele... gostaria de saber se seria possível levar duas mascotes lá para casa??? não sei se é válido... mas se fosse possível levava os dois refilões e colocáva-os também na mesinha de cabeceira... e a gorda na cozinha... no tapete claro!

"um achado que devia estar perdido":
http://www.youtube.com/watch?v=0H8DVuETncc&feature=related

Compromissos dos últimos dias... limpei tudo... i'm good!!!

Compromissos para amanhã:
  • retomar a agenda...
  • 9h Sítio - pendentes e independentes, AGIL e Report
  • Embrógliodesafios...
  • Missão estrela cadente... i'll be back!
  • Aulas Gadget!

Sugestão para um dia musicalmente guarnecido (old school):

http://www.youtube.com/watch?v=LKLjg1Lb03Y

P.S. - ainda não coloquei o hit do André, mas em breve cumprirei, apenas falta criar um nome artístico.


domingo, 12 de abril de 2009

Queridos mudei de casa!!!


Exmos. Srs.,
serve o presente post, que acompanha com a seguinte música:
para comunicar que (finalmente) mudei para a minha residência, a 5 minutos da residência dos meus progenitores.
A mudança foi preparada com a máxima tranquilidade, e finalmente aconteceu.
O (in)esperado... foi talvez das viagens mais duras que fiz desde que regressei de vez de Lisboa.
Ontem recordei-me intensamente das viagens para Lisboa após os períodos de férias... nem conseguia falar... não era tristeza... é percebermos "na pele" que somos crescidos e temos responsabilidades.
Cheguei a casa, deitei-me no sofá, vi as novelas com o para-brisas ligado... depois vi o American Pie 2 (a única coisa que me fez rir durante todo o dia de ontem) e a seguir dormi...
Como limpei o para-brisas durante muito tempo, acordei eram umas 7 da matina com uma enxaqueca que não aguentava... panos frios na testa... acalmou... adormeci... acordei... não foi assim tão difícil... mas não aguento a verdade, Cresci!
"um achado que devia estar perdido": a minha figura ontem à noite :)
Sugestão musical: a relativa à figura de ontem à noite :)
Condições de acesso à minha habitação... ler post "Home Sweet Home".

quarta-feira, 8 de abril de 2009

Home sweet Home


A leitura deste post inicia com um clique no link (prometo em breve colocar o vídeo na página), a ideia é ouvir enquanto se lê o post, relembrar a infância e os nossos sonhos de criança... quando aprendi esta música sonhei ter uma casa... sonhei ser crescida... agora que sou, relembro a infância!
Propus-me a isto... nas férias da Páscoa mudo de casa... estou a tentar cumprir, de forma lenta, demorada e quase irritante.
Costuma dizer-se que mais vale uma dor do que um cento, mas desta vez estou a inverter o ditado popular, optando pelo cento em vez da dor única.
Decidido que estava mudar de casa neste período, não haveria muito a fazer, seguia a metodologia Edite para mudança de casa: "enfiar tudo dentro da mala e chegando à casa nova despejar tudo pelas gavetas". Mas para prolongar a situação, decidi arranjar várias malas, vários sacos e enchi-os com algumas das coisas que tinha nas gavetas, deixando ainda coisas tão ou mais importantes que me farão voltar para mexer nas mesmas gavetas vezes sem conta. Depois de despejar as gavetas resolvi limpá-las, como quem não se quer mesmo separar delas, preparei-as para as encher de novo, tendo inclusivé o cuidado de as perfurmar.
Isto foi a tarde de ontem, deixei tudo pronto para meter no carro e preencher as novas gavetas, o objectivo era fazê-lo já hoje, mas parece que tudo serve de desculpa :) e só o farei amanhã, ou na sexta-feira, depende do andamento de outras situações pendentes que entretato apareceram...
Tantas e tantas questões se me têm levantado... passo difícil, o que é estranho para quem já esteve fora de casa e já voltou, não percebo o porquê das reticências, e não convido ninguém a dar sugestões de resposta. No fundo eu conheço as respostas, apenas não as quero ouvir. Descobri que também eu sou muito medricas, que a minha família gosta muito de mim e me respeita totalmente, e que o Nuno tem uma paciência brutal!
Dois pontos únicos para encerrar o pensamento de hoje:
1 - Não haverá festas de inauguração: não vou ter o trabalho de limpar a casa por causa de festas :)
2 - Todos são bem-vindos na nova casa, mas não se esqueçam de limpar bem os pezinhos antes de entrar!!! :P
"um achado que (nunca) devia estar perdido":
Esta é a sugestão musical do dia, acabadinha de chegar... Parabéns ao músico que em pouco tempo já consegue ter um desempenho destes e refila porque ainda não faz a respiração circular...
(estou a tentar colocar o vídeo)

segunda-feira, 6 de abril de 2009

Highway to nowhere fast!!!

Passaram uns dias sem escrita... tudo porque o cansaço se apoderou de tal forma que só tinha pensamentos negativos, e sobre coisas negativas não vale a pena escrever... para não deprimir mais ainda!
Passei a última semana a descrever, verbalmente, situações nas quais eu... moi... je resolvia todos os problemas à base de marretada... mas resisti, tendo para tal contribuído o facto de que tirei férias! Portanto, por agora estais em terreno seguro.
Alerta!!! Pessoal amigo, eu compreendo a vossa necessidade de falar comigo, mas desta vez tirei mesmo férias, porque tal como perceberam eu estou a um passo (pequenino, número 30) da loucura, portanto vamos ponderar entre um leque de hipóteses, aquelas que são as vossas:
1 - procuro-a e corro o risco que não descanse? ou,
2 - resolvo eu sem lhe dizer nada?,
vai uma "ajuda do público"... a segunda hipótese é a melhor!
Na semana passada os factos foram muitos... na quinta, achava eu que ia rebentar, que não ia conseguir aguentar nem mais um dia, e o que é que surge??? hora a hora, uma pessoa com um problema (huge) e a precisar do meu discernimento... foi um esforço tremendo aguentar o dia, que terminou com mais uma "facadinha nas costas".
A sexta foi com certeza um dia mais feliz, que iniciou às 9 horas e terminou às 20 horas, com as estagiárias, mas que até foi um dia positivo, na companhia da MF, doce, maravilhosa, porreira pá!

Reflexão no fim de semana:
Vivemos todos num mundo (cão) que nos tem tirado o que de melhor o ser humano tem, chamam-se valores: amizade, amor, entreajuda,..., com o corre corre do dia a dia, é puramente normal que nos desleixemos na forma como deveriamos olhar os outros, é normal tornarmos-nos egocêntricos... é normal espelharmos a imagem do cego, surdo e mudo, porque perdemos a capacidade de ver, ouvir e falar (vemos, ouvimos e falamos quando queremos e o que queremos) o que está puramente errado... mas pelo facto de estarmos a perder essas capacidades, e sejamos sinceros... estamos mesmo a perder e sabemos disso! não podemos negar aos outros a sua opinião, há que saber interpretá-la, "engoli-la", e aproveitá-la.
Se para além de tudo perdermos a capacidade de aceitar a opinião dos outros e considerarmos que expressa a sua opinião apenas porque nos quer magoar, estamos errados... apenas os que são amigos "perdem tempo" a expressar a sua opinião, os restantes ignoram-nos com sorrisos nos lábios.
Cresço enquanto escrevo, porque penso e reflicto, organizo o meu pensamento, encontro respostas, partilho ansiedades, procuro respostas noutros que me conhecem, não procuro tornar mais negra a vida porque ela só por si o é... se o pensamento é negro, se o comentário é mais duro, a culpa não está apenas do meu lado. Nenhum problema é unilateral...

Preciso de férias, preciso de descanso, preciso de me abandonar em mim... procuro-me!!!

"um achado que devia estar perdido" tenho falado tanto dele nas conversas de café:
http://www.youtube.com/watch?v=FJCsFRADULg&feature=related

Compromissos nos dias anteriores: forma geral todos cumpridos com excepção dos que têm um lado mais negro :)

Compromissos para esta semana. descansar e esquecer! Assim como mudar de casa! :) e recuperar energia com

terça-feira, 31 de março de 2009

Do i look like an angel...?!

Para perguntas ou comentários estúpidos, respostas ao mesmo nível...
Um anjo tu CG, se tu fosses um anjo o mundo estaria para acabar!
É claro que não sou um anjo, nunca quis ser, (jamais gostaria de ser perfeita), embora confesse, durante os meus primeiros anos na escola sempre o quis ser, mas talvez isso tenha a ver com algumas características da minha personalidade. E tal como referi no post "Black Hole Sun..." a perfeição que exijo aos outros dá cabo de mim... tenho vindo a aprender a ser moderada, mais ainda quando ouço frases tão belas como a outra, proferia por Mr. JP, e que ainda faz eco na minha cabeça "...tu é que não sabes gerir uma equipa..."
Vou usufruir hoje do direito de resposta...
Eu, técnica de um projecto social, sou a pessoa que melhor conheço que odeia estas questõezecas que são os problemas sociais. No que dependesse de mim, em vez de projectos de foro social, constituiam-se regras (entendam-se leis) e formavam-se pessoas que as fizessem cumprir.
É inadmissível nos dias de hoje termos jovens que se recusam a ir à escola, quando há 40 anos atrás (só 40 anos atrás) os nossos pais não podiam frequentar a escola, não por andarem no café do João e do Manuel, mas porque se seguia à risca o provérbio "o trabalho do menino é pouco, mas quem o desperdiça é louco".
É inadmissível estarmos a formar pessoas aos pontapés, com programas de chuto, sem prevêr as consequências sociais, de uma sociedade de Drs., quem respeita quem??? Não sou a favor das classes sociais desiguais, sou a favor da organização.
Quem me consegue explicar que se ensinem as pessoas a serem subsídio-dependentes, e não são os carenciados, são os mandriões, os calões, que tal como dizia a esposa do Sr. VR (conservado no 4º piso do HDL, que se conserve por lá é o que desejo) "começar a trabalhar às 8h... isso é muito cedo... só aceito se for para começar às 9h", mais vale então pedir um subsídio porque não quero ir trabalhar às 8h :)
E ainda no direito de resposta, que se alongou, prometendo voltar ao Sr. VR mais à frente neste post, a minha única ambição neste projecto social era que TODOS se esforçassem, dessem o melhor do melhor, para que este projecto não fosse mais um, fosse o projecto na Nazaré, que marcou pela diferença e pela mensagem positiva.
Para vós políticos isto não faz qualquer sentido, apenas querem mais diversão, esqueceram-se de ser humanos... e de tudo o que isso implica.
São os Srs. Políticos os principais invertores da pirâmide dos valores que tantas vezes nomeio, e que tão distante sinto...
Nos anjos apenas invejo duas coisas:
- a capacidade de vestir de branco. Quem me conhece no espectro "bom-muito bom" se pensar, vai recordar-se que nunca me viu vestir umas calças brancas (ou saia) e raramente visto uma t-shirt branca... odeio!
- as asas... para mim, a hipótese de "dar de frosques".
A seguir apresento uma música (em linguagem juvenil, um som) que me faz pensar, nas asas que não tenho e me fazem falta, ou os braços que não consigo abrir para "acolher":
http://www.youtube.com/watch?v=1HdGUNm6-qI
Se quiserem ver esta menina feliz, agora, basta darem-lhe umas asas, ela aprenderá a voar sozinha, levando nas asas aqueles que merecem a sua protecção... quanto aos outros (não posso partilhar o pensamento).
Voltando então ao Sr. VR e esposa, o encontro no 4º piso do HDL, parabéns, para quem não tinha dinheiro nem para comer, conseguiram juntar-se os dois numa lua de mel brilhante, em que até vos levam a comida ao quarto... único senão é dormirem em quartos separados, mas nada é perfeito...
Se puderem aguardar um pouco, da maneira que vejo isto, qualquer dia vou visitar-vos para ficar... eheheheh
"um achado que devia estar perdido" (é favor ouvir a letra com atenção... "à stôra") :P
http://www.youtube.com/watch?v=ROQrHDOlp8I&feature=related
Compromissos para ontem, apenas ficou por cumprir o "Kill them" :) hoje, no meio de tanta confusão, parece que ficou tudo certo, e o que não ficou ficará com certeza amanhã.
Compromissos para amanhã... dar continuidade :)
Música para alegrar o dia... quem me conhece no famoso espectro "bom-muito bom" sabe que eu gosto bastante desta (se alguém tiver ticket for me... gostava de ver ao vivo como se consegue fazer isto com mais de 60 anos):
http://www.youtube.com/watch?v=X80Qjh9Yivs&feature=related

segunda-feira, 30 de março de 2009

Black Hole Sun...



Passo os dias a correr, qual Olivia Palito, se às vezes não páro, corro o risco de ficar igual a ela... magrinha! O que não seria mau se isso fosse sinónimo de respeito pela minha pessoa!

Até que não me posso queixar do respeito que sinto dos outros, começo a conseguir desculpar aqueles que sei não terem capacidade para respeitar seja o que for, nem a mim, nem a outros, nem a eles mesmos. Enfim, o mundo é feito de diversidade, e nem todos "enxergam" a sua posição na sociedade, nem a forma como agem.

Tornámo-nos banais, todos nós achamos que somos um Popeye, capaz de salvar o mundo, de preferência da forma mais estúpida, porque nos falta discernimento para agir de acordo com os valores que os nossos antepassados usavam, e que nós mal conhecemos. E é assim em tudo, vamos ao supermercado e guerreamos pelo nosso lugar na fila, vamos na estrada e chamamos todos os nomes aos broncos que gostam de andar a 40km/h (tipo os gajos que assinam com dois l's no nome), vamos ao ginásio e lutamos por uma passadeira que passados 15 minutos já ninguém vai querer, vamos ao hospital e consideramos que ninguém está tão doente como nós, chegamos ao trabalho e nós é que estamos cansados, na vida dos outros apenas nos interessa aquilo de que podemos rir (em tom de gozo) ... esquecemo-nos de entender os outros e que cada um de nós também tem vida própria, esquecemo-nos de ter bom coração e sermos afáveis.

Os meus problemas não são nem maiores nem menores do que os de outros, são problemas que maioria das vezes nem revelo... para quê??? são meus, sou eu que tenho que os resolver! com a ajuda das pessoas que "escolhi" para fazerem parte do meu núcleo, só e apenas!

Lá porque trabalho mais horas por dia do que o comum dos mortais, lá porque tenho alguns problemas de saúde que me atormentam sobretudo com a chegada da Primavera, lá porque descanso muito menos do que preciso, lá porque gosto da perfeição e me irrito com a falta dela, lá porque não tenho muito tempo para coisas banais, lá porque tudo o que tenho surge de uma luta dura, lá porque quero viver a minha vida de forma tranquila... sou apenas eu, e os meus problemas, nada de mais.

Há pessoas que se lamentam toda uma vida por coisas insignificantes e disso fazem o seu dia-a-dia, pessoas essas das quais tenho "fugido" porque só me cansam o neurónio.

Há pessoas que se consideram o centro do mundo, ou coisa que os valha, e acham que as suas opções são as opções que têm de ser concretizadas pelos outros, pessoas essas das quais tenho "fugido" porque reconheço que não estão nem aí para as minhas escolhas, vontades e motivações.

Há pessoas que se aproveitam da boa vontade para colocar o pé em cima e dar umas facadinhas nas costas, pessoas essas que ignoro sempre com um sorriso, porque eu também sei fingir que está tudo bem.

Há pessoas cujos valores são tão grandiosos como um monte de *****, como não gosto de mau cheiro, desvio o caminho.

Há pessoas que me respeitam como eu as respeito, pessoas essas que guardo no meu coração, e as quais estão todos os dias na minha memória.

Há pessoas... para tudo. Cabe-nos a nós seleccioná-las.

Há dias sai de casa para ir ter com uma "amiga" (há que pensar se merece tal definição) a um determinado sítio, fui de propósito para lhe dar algum conforto, quando lá cheguei, ela não tinha esperado porque talvez não sinta a minha falta. Acham mesmo que vou voltar lá???

Noutro dia, dei a entender que de vez em quando mudar de ponto de encontro não seria mau, até porque sou sempre eu quem vai ao encontro (o inverso não existe) e não gosto propriamente do local (sugeri outro), mas não podia ser porque só lá é que tem, uma coisa que normalmente usamos em casa ou no trabalho, jamais em locais de diversão, enfim...

Poderei ser eu o "elo mais fraco" mas que se lixe, tenho personalidade própria e até agora ninguém me provou por A mais B que estou errada, e se me sinto confortável... vamos manter!

Admiro as pessoas que não colocam este tipo de questões existencais, e as quais subdivido em dois grupos:

- as já referidas "que não se enxergam" e por isso nunca se questionam, às quais gosto de chamar banais;

- as outras, que se ocupam com coisas utéis e que estão tão lá em cima, que nem se preocupam com estas cosices.

O que significa que estou no meio, já não serei banal, mas ainda não estou ao nível dos melhores, pelo que, vou ter de me esforçar.

Sai de cena por uns dias, porque o sono começou a apertar e precisava mesmo de dormir cedo, mas não me esqueci de pensar e reflectir.

Este fim de semana foi mais um fim de semana de sucesso, sábado trabalhei todo o dia, domingo trabalhei de manhã e à tarde visitei as capelas todas. Sorte das sortes, combinámos ir a Coimbra, no fim de semana em que nasceu o Ricardo, e pude ir visitá-lo à mesma Maternidade onde nasci... ainda fomos ao Fórum, comprar uma coisinhas...

Por falar em Ricardo, há um muito especial na minha vida, o Pai II, que conjuntamente com o Pai I e a Mãe me dotaram de algumas capacidades :) boas ou más... eu sou assim.

Quanto a mães, a Ana Sofia ontem estava muito bem e muito feliz com o seu Ricardo, cabe-me hoje deixar um especial beijinho às mães fantásticas que conheço, a minha em primeiro lugar, mas sobretudo às mães fantásticas da minha geração... parabéns pela coragem de serem mulheres tão activas na sociedade e mães tão cuidadoras.

Por fim, "um achado que devia estar perdido":

http://www.youtube.com/watch?v=mM215UEqi20

Quanto aos compromissos dos últimos dias, tudo cumprido.

Compromissos para hoje:

  • 9h Sítio: pôr em prática as férias da Páscoa, pendentes e independentes, agil e report;
  • embrógiodesafios: Kill them!!!
  • missão estrela cadente - versão racional;
  • aulas Gadget;
  • preparar-me para as minhas férias.

Para que tenham um dia musicalmente guarnecido, deixo a minha sugestão:

http://www.youtube.com/watch?v=ltc5EsuyBh4